Páginas

Tecnologia no Ambiente Escolar: Reflexões

14 de jun de 2010

          Na primeira postagem do blog falei sobre como surgiu a idéia do meu projeto, sobre a disparidade entre a realidade do aprendizado acadêmico e o ambiente escolar, e quais os objetivos do blog@ndo.

          A partir de um comentário feito nessa primeira postagem do  blog, pela professora Suely Aymone, que disse:

“....trazer as TIC para a escola, como instrumentos de produção de conhecimento, não é fácil! É um desafio e tanto!
   Em geral, noss@s colegas ficam meio receosos... mas a gurizada, em seguida, adere e faz belezuras !!!

         Passei a ler, pesquisar e refletir sobre a realidade dos espaços pedagógicos, sobre o uso das TIC’s no ambiente escolar, sobre como está se dando a questão metodológica frente ao uso de novas tecnologias (que fazem parte da vida dos alunos) e que estão presentes nas escolas.

        Partindo do princípio que a maioria das escolas de ensino médio conta com um laboratório de informática equipados com internet banda larga, nos resta saber como e com que objetivo esses espaços estão sendo utilizados. Será que estão a serviço da educação de forma significativa ou servem apenas para que os alunos acessem suas páginas de relacionamento, escutem músicas, assistam vídeos pouco educativos, ou realizem atividades que não tem nenhuma relação direta com as atividades de sala de aula ou com a educação.

        A inclusão de recursos digitais em sala de aula é fundamental, já que ajudam a aumentar a comunicação entre professores e alunos e incentivam a maior participação destes últimos nas atividades escolares proporcionando benefícios na aprendizagem. No entanto, quando pensamos em utilizá-los esbarramos em uma série de questões problemas.

- A maioria dos professores não está preparada para uso das novas tecnologias educacionais que surgem a cada dia, já que muito tem dificuldades em usar recursos básicos do computador, com o editor de textos Word ou o Power point.

- A dificuldade do professor em se atualizar e a falta de tempo, também, são apontados como problemas na hora de usar os recursos tecnológicos.

- Outra questão é a falta de um incentivo financeiro ou horário remunerado para pesquisar. Por exemplo, o uso de blogs é muito interessante, mas o professor precisa de tempo para pesquisar, produzir, criar atividades e artigos e manter o espaço atualizado.

        Outra questão é o uso metodológico que é dado aos recursos dos espaços pedagógicos e recursos tecnológicos e que ilustro com o vídeo abaixo, produzido pela UNIPAC, denominado: Tecnologia ou metodologia?



        Tudo isso reflete na utilização que vem sendo dada aos laboratórios de informática e ao uso de recursos tecnológicos existentes nas escolas. Consequentemente as atividades pouco significativas já citadas anteriormente tomam conta desses ambientes de aprendizagem.

        Como comentou a professora Suely, não é fácil mesmo, porém devemos aceitar o desafio do uso dos recursos digitais em sala de aula e ficar atentos para os benefícios que trazem ao aprendizado dos alunos,  fazendo da educação uma atividade prazerosa para  todos.

       Termino deixando para reflexão uma frase da professora Lina Maria Braga Mendes, mestranda da Faculdade de Educação da USP:

"O professor que dá aulas do mesmo jeito que teve aulas quando criança ou adolescente comete o erro grave de esquecer que é de outra geração".



Postado por:

Gilberto Ulissys 
   Artigos relacionados: O Inicio  


<

0 comentários:

Postar um comentário

 
Blog@ndo | by TNB ©2010